| | |

Guia do C√£o - Portal informativo sobre c√£es, gatos e outros animais.

Condi√ß√Ķes de utiliza√ß√£o

Oftalmologia Veterin√°ria

Por: Ana Rita Moreira


A integridade do olho e da vis√£o do seu animal de companhia √© de extrema import√Ęncia na sua sa√ļde e bem-estar. Deste modo, qualquer altera√ß√£o ocular que ele desenvolva, dever√° ser observada pelo veterin√°rio.



Ao contr√°rio de outros aparelhos e sistemas do organismo do seu animal, o diagn√≥stico oft√°lmico poder√° ser feito por observa√ß√£o directa e pela realiza√ß√£o de um exame oftalmol√≥gico completo. Contudo, algumas altera√ß√Ķes oft√°lmicas podem ser repercuss√Ķes de doen√ßas sist√©micas, nomeadamente diabetes, s√≠ndrome de Cushing, infec√ß√Ķes sist√©micas, entre outras. Nestes casos ser√° ent√£o necess√°rio a realiza√ß√£o de exames adicionais para o m√©dico veterin√°rio chegar a um diagn√≥stico final e adoptar um plano terap√™utico adequado ao seu animal. Na consulta, dever√° dizer ao m√©dico veterin√°rio informa√ß√Ķes como doen√ßas j√° diagnosticadas, tratamentos realizados ou incidentes que tenham ocorrido, como por exemplo traumas.

Algumas das altera√ß√Ķes mais comuns nos animais de companhia e que s√£o motivo para uma ida ao veterin√°rio s√£o: corrimento ocular (purulento ou n√£o), ‚Äúolho vermelho‚ÄĚ (sinal pouco espec√≠fico, indicativo de diversas altera√ß√Ķes oculares), pestanejar intenso, pigmenta√ß√£o da c√≥rnea, cataratas, aumento do volume do olho, entre outras.





As urg√™ncias oft√°lmicas, onde se incluem a proptose do globo ocular (deslocamento do olho para fora da √≥rbita), glaucomas e lacera√ß√Ķes, obrigam √† interven√ß√£o veterin√°ria imediata, sob pena de perda irrevers√≠vel da vis√£o. Estas altera√ß√Ķes necessitam de uma terap√™utica farmacol√≥gica agressiva e muitas delas ainda obrigam ainda a interven√ß√£o cir√ļrgica.

As infe√ß√Ķes oculares s√£o das doen√ßas oculares mais comuns, estando associadas a corrimento, pestanejar intenso, inflama√ß√£o da conjuntiva e/ou c√≥rnea e por vezes pigmenta√ß√£o da c√≥rnea. Poder√£o ter etiologia bacteriana ou viral, sendo necess√°ria uma terapia adequada ao agente em causa.

As cataratas consistem na opacidade do cristalino, sendo outra causa comum de preocupa√ß√£o dos donos. Geralmente de desenvolvimento lento e mais associado a pacientes geri√°tricos, o animal poder√° acabar por ficar invisual, sendo necess√°ria uma interven√ß√£o cir√ļrgica de modo a restituir a sua vis√£o.

O aumento do volume do olho é geralmente indicativo de um aumento da pressão intraocular, também chamado de glaucoma. Os glaucomas são considerados de urgências oftálmicas, uma vez que uma pressão demasiado elevada durante mais de 24 horas causa danos irreversíveis e o animal se torna invisual, ao que se junta dores intensas.

Se o seu animal de estima√ß√£o apresentar alguma destas altera√ß√Ķes oculares √© importante que o leve ao seu m√©dico veterin√°rio o mais cedo poss√≠vel. Um diagn√≥stico precoce evita complica√ß√Ķes e permite uma recupera√ß√£o mais r√°pida do seu companheiro.


Leia também:

Apoios institucionais


Creative Commons License

Guia do C√£o © by OneGlobalHealth Consulting is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.